Prefeitura contrata mais quatro médicos especialistas e desentrava licenças para iniciar reforma no hospital

0

Em reunião acontecida na tarde desta sexta feira, 01, na sala de reuniões da Prefeitura de Nova Xavantina, o prefeito João Batista Vaz da Silva, o Cebola, apresentou para a imprensa, vereadores, secretários municipais e servidores da área da Saúde, mais quatro médicos especialistas contratados, que agora somam seis no quadro de efetivos da Secretaria Municipal de Saúde.

Foram apresentados os médicos Drª Paula Simone Pezzini -Pediatra, Dr. Edvaldo Castro Pinheiro Silva -Cardiologista, Dr. Maximiliano Lopes França -Ortopedista e Drª Alana Dallegrave Barbosa -Ginecologista e Obstreta.

A estes se juntam Dr. Dercio Alvares Junior -Otorrino e Dr. Marcos Vinicios -Ortopedista, já do quadro, somando seis médicos especialistas trabalhando na rede pública de saúde do município. Segundo o prefeito, de sete médicos existentes quando a atual gestão assumiu a Prefeitura, o número saltou para dezoito, até este 01 de março.

Estiveram presentes na reunião o diretor clínico do Hospital Municipal Dr. Rhaymysom Abreu,  Dr. Daércio de Moraes, a Secretária Municipal de Saúde, Danielle do Nascimento, Veradores Fernandinho Souza, Dr. Eduardo Ribeiro, Luizmar Bernardes, Edilson Caetano e o Presidente da Camarca, Vereador Cezinha, além da imprensa local.

Os novos médicos começam a trabalhar de imediato.

REFORMA 

Falando ao site e Rádio Rezende  FM 90.7, o prefeito Cebola disse que conseguiu desentravar várias licenças ambientais na sua  última viagem à Cuiabá, que estavam faltando para iniciar a obra de reforma do hospítal municipal. O prefeito retornou da viagem um dia antes da reunião.

“A licença dos  bombeiros é a mais complicada” disse ele, “em virtude das últimas tragédias que aconteceram no País, mas nós estivemos na sede do Corpo de Bombeiros, em Cuiabá,  inclusive junto com alguns vereadores, e eles no garantiram que a Licença sai até no próximo dia 10, agora, de março. Então, vai ser só licitar a obra e começar a reforma”.

Segundo Cebola, os recursos disponíveis para esta etapa são no valôr de R$ 300 mil e serão aplicados com foco na recuperação do teto do hospítal, sabidamente o local de maior problema na estrutura física do prédio.

ALAGAMENTOS E PROERD

O Prefeito abordou também a questão dos alagamentos no centro do setor Nova Brasília, que tem surpreendido moradores e comerciantes da região, e sobre o Proerd, o programa de resistência e combate ao uso de drogas desenvolvido pela parceria Polícia Militar/Prefeitura, que tem início marcado para 14 de março.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here